Mais um integrante do Procura-se é preso na Região Metropolitana

Foi apresentado na manhã desta quarta-feira (09.01) um dos criminosos mais procurados de Minas Gerais. John Lennon Fonseca Ferreira, de 22 anos, integrava a lista do Procura-se e foi detido na terça-feira (08.01) pela Polícia Militar, em Contagem, na Região Metropolitana da capital, durante uma tentativa de roubo à residência.

Dos 29 criminosos já listados pelo programa desde o seu lançamento, em agosto de 2011, 19 já foram presos. Segundo o diretor de Promoção e Modernização do Sistema de Defesa Social, Otávio Lana, os números são positivos: “John Lennon é o 19º a ser preso, e isso mostra o sucesso da iniciativa, que conta com a participação da sociedade por meio de denúncias anônimas ao 181”.

Durante a apresentação do preso, o coronel José Amilton Campos, comandante da 2ª Região de Polícia Militar, explicou as circunstâncias da prisão: “Por volta de 10h40 de ontem, três cidadãos, incluindo John Lennon, tentaram invadir uma residência no bairro Amazonas, em Contagem. Durante a tentativa de roubo, vizinhos fizeram contato com o 190 e o 39º Batalhão de Polícia Militar conseguiu prender os três, em uma ação rápida e precisa”. Segundo o coronel, o criminoso chegou a oferecer dinheiro para que os policiais militares facilitassem sua liberação.

John Lennon Fonseca Ferreira era procurado por homicídio, tentativa de homicídio, falsa identidade, porte ilegal de armas, furto e roubo. O criminoso tinha atuação em Contagem (Nova Contagem, Eldorado) e Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Integrante de organização criminosa, ele tinha mandado de prisão preventiva em aberto por roubo expedido pela Comarca de Contagem. De acordo com o delegado geral Aci Alves dos Santos, delegado regional de Contagem, John Lennon é um criminoso de alta periculosidade, que agia sempre portando arma de fogo e liderando outros criminosos. “Ele é bastante violento e ameaçador”, destacou o delegado.

Desde que teve seu rosto estampado nos cartazes da campanha, em agosto de 2012, John Lennon teve treze denúncias anônimas sobre o seu paradeiro. Uma das denúncias, recebida nesta terça, informava a sua localização em Contagem.

Procura-se

O Procura-se é um programa da Secretaria de Estado de Defesa Social, em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil e Instituto Minas Pela Paz, e consiste na fixação de cartazes com o rosto dos procurados em locais de grande circulação de pessoas, além da divulgação em sites, redes sociais e veículos de imprensa. Além da prisão dos criminosos, o programa busca inibir a sua circulação, evitando a prática de novos delitos. A população pode repassar informações sobre o paradeiro dos criminosos por meio do 181 Disque Denúncia, que tem sigilo e anonimato garantidos.

Na primeira lista divulgada em outubro de 2011, o Procura-se começou com alvos de Belo Horizonte, da 1ª Região Integrada de Segurança Pública (1ª RISP). Em dezembro do mesmo ano, o programa se estendeu para toda a Região Metropolitana, com a inclusão da 2ª e 3ª RISPs e, a partir de agosto de 2012, abrange todo o Estado.